23.2.07

Sagrados Seres


                                                                                          Foto Marcia Lomardo















sagrados somos nós
sagrado é o cotidiano
sagrado é o travesseiro a trepadeira o troco
sagrado é aquele preço da promoção
é a vítima se antecipando ao ladrão
sagrada é a sagacidade, é o lutador
sagrada é a palavra e sua cor

sagrados somos nós
que fomos conduzidos à condição de seres humanos
que viemos percorrendo os extratos
e nos materializamos na Terra
nos densificamos em carne osso sangue
e precisamos de comida água oxigênio
e sol e sal e sono sexo sapatos

sagrados somos nós
que precisamos de afirmação
que necessitamos de aprovação
que precisamos sempre ver pra crer
e simplesmente não sabemos o que vai acontecer

nós
sagrados seres
reduzidos à dimensão de seres humanos.






6 comentários:

Francisca Libertad disse...

LIndo, não precisa nem dizer né! Fiquei feliz de descobrir seu blog hoje!

Nelson Ngungu Rossano disse...

Ainda bem que descobri este blog!
Adorei a musicalidade das suas palavras, e as imagem que as completavam. Dê um pulo no meu blog, que promove a poesia lusófona http://www.caminhodosversos.blogspot.com

Jenipher disse...

simplemente HERMOSO...

Vanessa disse...

linda amiga, a oportunidade de nos materializarmos humanos pra vivenciar as experiências desse mundo é sagrada... a despedida do templo do espírito é momento de fechar os olhos, respirar fundo e se conscientizar da nossa desejada liberdade... e enquanto não chega a nossa vez, a gente vai se despedindo dos seres amados que fazem essa viagem antes de nós... : (
paz, luz e amor.

Débora Brenga disse...

Sagrados Seres é a minha preferida, porque seu olhar é bem próximo do que é sagrado pra mim...
e como tudo é sagrado quando a gente sagraliza: sagrada poesia, sagrada inspiração, sagrada poeta que mexe com minha emoção.
Obrigada
Débora

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Ah!Que bom ler os seus versos...Somos sagrados,sim,principalmente são sagrados seres que põe no papel a beleza que trazem em seu interior!Lindo poema!Bjss,Sonia Regina.